Essa página foi útil?
Sim Não

Ampliar as opções de atualização de dados usando o Tableau Bridge

Quando as fontes de dados publicadas no site do Tableau Online se conectam aos dados subjacentes que o Tableau Online não pode acessar diretamente, use o Tableau Bridge para mantê-los atualizados. O Tableau Bridge pode manter conexões em tempo real com dados locais ou executar atualizações de extração agendadas.

As seções abaixo oferecem mais informações sobre como funciona o Tableau Bridge, quando não usá-lo e os requisitos de sistema. Essas informações são recomendadas a administradores de site ou publicadores de fonte de dados que possuem acesso a nível de administrador ao site do Tableau Online.

O que é o Tableau Bridge?

A partir da versão 2018.2, o Tableau Bridge é um software que pode ser instalado separadamente do Tableau Desktop, para ser usado por qualquer usuário autorizado do Tableau Online. Para obter mais informações, consulte Instalar o Tableau Bridge.

O cliente do Tableau Bridge é um programa do Windows que é executado em um computador em sua rede. Ele funciona em conjunto com o Tableau Online para manter os dados locais, que o Tableau Online não pode acessar diretamente, atualizados.

Para manter os dados locais atualizados, faça logon no site do Tableau Online por meio do cliente do Tableau Bridge. O cliente permanece conectado ao seu site usando uma das suas contas de usuário do Tableau Online.

Como funciona?

O cliente do Tableau Bridge se comunica com o Tableau Online por meio de uma conexão TLS criptografada para manter as fontes de dados publicadas atualizadas. Para fazer isso, ele consulta dados completos definidos na fonte de dados que contém uma conexão em tempo real ou atualiza extrações em uma agenda.

Modo Aplicativo e modo Serviço

O cliente do Tableau Bridge pode operar em um dos dois modos: aplicativo e serviço. Execute o cliente em um desses modos, dependendo de sua conta do Windows, das configurações do site do Tableau Online ao qual o cliente está associado e de suas necessidades gerais.

  • Aplicativo: quando o cliente estiver configurado para ser executado no Modo aplicativo, ele será executado como um aplicativo do Windows e residirá na bandeja do sistema do Windows. No cliente, a configuração Modo exibe Aplicativo.

    Nesse modo, o cliente poderá manter consultas em tempo real e atualizações agendadas dos dados locais enquanto o usuário dedicado estiver conectado ao Windows. Ele é executado como padrão da seguinte maneira. Se o usuário dedicado se desconectar do Windows, o cliente não poderá manter consultas em tempo real e atualizar as extrações em uma agenda.

  • Serviço: quando o cliente estiver configurado para ser executado no Modo serviço, ele será executado como um serviço do Windows No cliente, a configuração Modo exibe Serviço.

    Nesse modo, o cliente é executado continuamente, mesmo se você se desconectar do Windows. Você precisa ser um administrador local do computador para usar o cliente no modo Serviço. É uma prática comum colocar o Tableau Bridge em uma VM que está sempre ligada e executando tarefas de manutenção.

Diretrizes para usar o modo Aplicativo e o modo Serviço

  Conexão de extração com atualização agendada Conexão em tempo real
Modo Aplicativo
  • Configure rapidamente e valide que o cliente está mantendo as fontes de dados publicadas atualizadas.
  • Tenha mais controle sobre quando o cliente executa tarefas de manutenção (por exemplo, atualizações em uma agenda e consultas em tempo real).
  • Não exige que o usuário seja um administrador local do computador.
  • Exige que o usuário esteja conectado ao Windows.
Modo Serviço
  • Configure o cliente uma vez — se a VM ou o computador precisar ser reiniciado, o cliente é conectado novamente ao Tableau Online automaticamente.
  • Exige que o usuário seja um administrador local do computador.
  • Não exige que o usuário esteja conectado ao Windows.
Recomendado para gerenciar atualizações usando um cliente central. Para obter mais informações, consulte Gerenciar as fontes de dados de extração usando um cliente central do Tableau Bridge. Recomendado para o balanceamento de carga de consultas em tempo real. Para obter mais informações, consulte 3. (Opcional) Configurar os clientes adicionais para balancear carga de consultas em tempo real.

Quando usar o Tableau Bridge

Use o Tableau Bridge com o Tableau Online manter os dados atualizados das seguintes maneiras:

  • Agendar atualizações de extrações

    Você pode agendar atualizações dos seguintes tipos de dados:

    • Dados locais, incluindo dados baseados em arquivo, como Excel. Você também pode agendar atualizações de dados relacionais que não deseja publicar com uma conexão em tempo real.

    • Dados locais na nuvem e alguns dados ODBC, incluindo dados do Oracle, dados hospedados no Amazon RDS e alguns dados ODBC acessíveis apenas de uma rede privada, não da Internet pública.

    • Dados de alguns conectores de dados da Web (WDC), se você acessá-los inserindo um nome de usuário e senha padrão. Não é possível usar o Tableau Bridge para manter conexões em tempo real com dados do Conector de dados da Web acessados por meio do site do provedor de dados usando OAuth.

  • Manter conexões em tempo real com dados locais (incluindo dados na nuvem)

    Por exemplo, dados do SQL Server ou Oracle.

Não compatível com o Tableau Bridge

Há alguns cenários não compatíveis com o Tableau Bridge:

  • Conexões em tempo real a dados baseados em arquivos.
  • Atualizações agendadas ou conexões em tempo real a dados cúbicos.
  • Fontes de dados de várias conexões (ou seja, fontes de dados que contêm união cruzada de bancos de dados) que usam um ou mais conectores não compatíveis com o Tableau Bridge. Para obter mais informações, consulte Atualização de fontes de dados unidas entre bancos de dados no Tableau Bridge na Base de dados de conhecimento do Tableau.

Conectores compatíveis

A menos que especificado de outra forma, o Tableau Bridge suporta conexões em tempo real e atualizações de extração para dados locais (acessíveis apenas de uma rede privada) cujas fontes de dados usam os seguintes conectores. Se não encontrar um conector listado, consulte Quando usar uma alternativa.

Excel (atualização de extração somente)

Arquivo de texto (atualização de extração somente)

Arquivo estatístico - .sas7bdat (apenas atualização de extração)

Actian Vector

Amazon Athena

Amazon Aurora

Amazon EMR Hadoop Hive

Amazon RedShift

Apache Drill

Aster Database

Cloudera Hadoop

EXASOL

Firebird

Google Cloud SQL (atualização de extração somente)

HortonWorks Hadoop Hive

IBM DB2

IBM PDA (Netezza)

Kognitio

MAPR Hadoop Hive

MarkLogic

MemSQL

Microsoft SQL Server

MonetDB

MySQL

Oracle

Pivotal Greenplum Database

PostgreSQL

Presto

Progress OpenEdge

SAP HANA (atualização de extração somente)

SAP Sybase ASE

SAP Sybase IQ

Listas do Sharepoint

Spark SQL

Splunk

Extrações do Tableau (somente atualização de extração)

Teradata

Vertica

Conector de dados da Web (não usando OAuth)

Outros bancos de dados (JDBC)

Outros bancos de dados (ODBC)

Quando usar uma alternativa

Não é possível usar o Tableau Bridge para manter os dados atualizados para dados de nuvem que o Tableau Online pode acessar diretamente e algumas fontes de dados do Conector de dados da Web (WDC).

Para dados de nuvem, definir agendamentos diretamente no Tableau Online é quase sempre a melhor (ou, em alguns casos, a única) escolha. Em algumas fontes de dados do WDC, o agendamento de atualizações não é uma opção por causa do OAuth.

Dados na nuvem que o Tableau Online pode acessar diretamente

Não é possível usar o Tableau Bridge para manter a atualização de dados na nuvem (acessíveis da Internet pública) que o Tableau Online pode acessar diretamente. Para obter uma lista de conectores compatíveis com o Tableau Online, consulte Permitir conexões diretas com dados hospedados em uma plataforma de nuvem.

Extrações de outros dados na nuvem

Faça logon em alguns dados da nuvem fornecendo um nome de usuário e uma senha padrão. Como exemplo, esta é uma extração que se conecta a um banco de dados MySQL hospedado em uma plataforma em nuvem.

Para obter extrações dessas fontes de dados na nuvem, consulte Agendar atualizações no Tableau Online.

Dados os quais você acessa por meio da página de autorização da Web do fornecedor (OAuth)

Os fornecedores populares que usam o OAuth incluem o Salesforce.com, Google e as fontes de dados do WDC criadas no QuickBooks Online, Facebook, Twitter e outros sites da Web.

Para determinar se os dados exigem OAuth, ao fazer logon nos dados na nuvem pelo Tableau Desktop, se você for redirecionado para a página de logon do provedor de dados, é provável que esse provedor use o OAuth ou um padrão semelhante e, portanto, não possa usar o Tableau Bridge.

Como uma alternativa ao Tableau Bridge, para atualizar os dados conectados pelo OAuth:

  • Em extrações de dados do Salesforce e do Google, é possível definir uma agenda diretamente no Tableau Online.

  • Para extrações das fontes de dados do WDC criadas pelo Facebook, Twitter, ou outro site da Web, é possível atualizar as extrações do Tableau Desktop usando o comando Atualizar da fonte ou publicando a fonte de dados novamente. Para obter mais informações, consulte Atualizar extrações do Tableau Desktop.

Segurança

O Tableau Bridge aplica os seguintes designs de segurança:

  • Toda a comunicação é iniciada com a proteção do firewall local e, portanto, não exige que você gerencie exceções adicionais.
  • Os dados em trânsito, para dentro e para fora do Tableau Bridge, são criptografados.
  • As credenciais de banco de dados são armazenadas no computador usando o gerenciador de credenciais do Windows.

Você pode encontrar mais detalhes sobre a segurança do Tableau Bridge nas seções abaixo.

Segurança de transmissão

Os dados, de e para o cliente do Tableau Bridge, são transmitidos por uma conexão TLS 1.2.

Autenticação no Tableau Online

Para conexão com o Tableau Online, as credenciais do Tableau Online são inseridas por meio do cliente do Tableau Bridge. Depois que 1) as credenciais forem inseridas, 2) o Tableau Online retornará um token de autorização. O 3) token é armazenado no computador no qual o cliente está em execução, usando o gerenciador de credenciais do sistema operacional Windows. O Tableau Bridge usa o token para executar várias tarefas, como baixar as informações da agenda de atualização de uma extração.

Autenticação em dados locais

Para acesso a dados locais, algumas fontes de dados exigem autenticação com as credenciais de banco de dados. Dependendo do tipo de conexão da fonte de dados, o cliente do Tableau Bridge lida com as credenciais de banco de dados de uma das seguintes maneiras:

  • Para conexões de extração com atualizações agendadas, se a fonte de dados exigir credenciais de banco de dados, essas credenciais deverão ser inseridas diretamente no cliente. As credenciais de banco de dados são armazenadas no computador usando o gerenciador de credenciais do sistema operacional Windows. O cliente envia as credenciais de banco de dados para o banco de dados, que também está protegido pelo firewall local, no horário da atualização agendada.

  • Para conexões em tempo real, as credenciais de banco de dados são enviadas no momento da solicitação e usam uma conexão TLS 1.2.

O cliente suporta segurança baseada em domínio (Active Directory) e as credenciais de nome de usuário/senha para acessar dados locais.

Alterações no firewall local

O cliente do Tableau Bridge não requer alterações no firewall local. Isso ocorre porque o cliente faz apenas conexões de saída com o Tableau Online. Para permitir conexões de saída, o cliente usa os seguintes protocolos, dependendo do tipo de conexão usado pela fonte de dados:

  • Para conexões de extração com atualizações agendadas: HTTP Secure (https://).

  • Para conexões em tempo real: Secure WebSockets (wss://).

Acesso a dados locais

O cliente do Tableau Bridge inicia as conexões com dados locais para o Tableau Online. O processo pelo qual a conexão é iniciada depende do tipo de conexão da fonte de dados.

  • Para conexões de extração com atualizações agendadas, o cliente 1) entra em contato com o Tableau Online por uma conexão segura (https://) para novas agendas de atualização e arquivos de fonte de dados (.tds). Se 2) essas informações estiverem disponíveis no horário agendado, 3/4) o cliente se conectará aos dados locais usando as credenciais armazenadas. Em seguida, o cliente 5) criará uma extração dos dados e 6) republicará a extração no Tableau Online usando um serviço do Tableau Bridge. O serviço do Tableau Bridge é uma parte do cliente que reside no Tableau Online.

  • Para conexões em tempo real, o cliente 1) estabelece uma conexão persistente com um serviço do Tableau Bridge, que é a parte do cliente que reside no Tableau Online, usando Secure WebSockets (wss://). O cliente aguarda uma resposta do Tableau Online antes de 2) iniciar uma consulta em tempo real aos dados locais. O cliente 3) transmite a consulta para os dados locais e, em seguida, 4) retorna os dados locais usando 5) a mesma conexão persistente.

Outras considerações de segurança: filtragem de proxy de encaminhamento opcional

Para garantir que os dados sejam transmitidos somente para o Tableau Online, você pode implementar a filtragem baseada em domínio nas conexões de saída (filtragem de proxy de encaminhamento) no cliente do Tableau Bridge.

A lista a seguir contém os nomes de domínio parcialmente qualificados que o Tableau Bridge requer para conexões de saída:

  • *.online.tableau.com
  • *.newrelic.com, usado para monitoramento de desempenho do aplicativo cliente
  • *.nr-data.net, usado para monitoramento de desempenho do aplicativo cliente
  • *.cloudfront.net, um CDN usado para conteúdo estático
  • *akamai, um CDN para alguns módulos do Tableau Online
  • crash-artifacts-747369.s3.amazonaws.com, usado para receber relatórios de despejo de falha
  • s3-us-west-2-w.amazonaws.com, usado para receber relatórios de despejo de falha
  • s3-w-a.us-west-2.amazonaws.com, usado para receber relatórios de despejo de falha

Requisitos de sistema e de configuração

O Tableau Bridge possui um conjunto de núcleos de requisitos, assim como aqueles que são específicos ao modo como é utilizado.

Disponibilidade e requisitos de núcleo

  • O Tableau Bridge está disponível apenas na versão 64 bits do Windows.

  • O computador no qual o Tableau Bridge é executado deve estar no mesmo domínio do Windows e ter acesso ao banco de dados subjacente especificado na fonte de dados publicada.

  • Tanto o computador do Tableau Bridge quanto o usuário do Windows devem ter acesso aos dados subjacentes especificados na fonte de dados publicada.

  • Os dados de banco de dados apropriados devem estar instalados no computador que executa o Tableau Bridge.

  • Para executar o cliente no modo Serviço, a conta de usuário que executa o Tableau Bridge deve ser um administrador local no computador. O usuário não precisa estar conectado ao Windows, mas o computador deve estar ligado e executando o Windows.

  • Ao usar o cliente no modo Serviço e conectar-se a fontes de dados de arquivos simples hospedadas em uma unidade compartilhada de rede, é necessário que a conta do serviço do Windows seja uma conta de domínio (não uma conta de administrador local) com acesso à unidade compartilhada de rede.

Requisitos adicionais específicos para manter conexões em tempo real

Para manter conexões em tempo real, é possível executar o Tableau Bridge como um serviço ou como um aplicativo. Em adição aos requisitos do núcleo: 

  • O usuário logado no Tableau Online pelo Tableau Bridge deve ter a função de Administrador de site.

    Ela pode ser Criador do administrador de site ou Explorador de administrador de site.

  • Cada site do Tableau Online pode ter vários clientes que mantêm conexões em tempo real. Esses clientes também podem ser usados para atualizar extrações.

  • Se você configurar o Tableau Bridge para execução como um aplicativo, as consultas em tempo real ocorrerão apenas quando o computador estiver ligado e o usuário do Windows estiver conectado e executando o Tableau Bridge.

    Caso o computador esteja desligado, se você se desconectar do Windows ou sair do Tableau Bridge, as atualizações das fontes de dados configuradas no Tableau Bridge não conseguirão acessar o Tableau Online e não será possível manter as fontes de dados publicadas atualizadas.

  • Para manter as conexões em tempo real usando o Tableau Bridge, o banco de dados não pode ser acessado pela internet pública.

Requisitos adicionais específicos para a atualização de extrações

Para atualizar extrações, é possível executar o Tableau Bridge como um serviço ou como um aplicativo. Em adição aos requisitos do núcleo:

  • O usuário conectado ao Tableau Online por meio do Tableau Bridge deve ter uma função no site de Creator, Explorer (pode publicar) ou um dos tipos de Administrador de site no site do Tableau Online.

    Se o usuário não for um administrador de site, ele deve ser proprietário da fonte de dados publicada.

  • Se o Tableau Bridge foi confiruado para executar como um aplicativo, ele completará atualizações apenas quando o computador estiver ligado e o usuário do Windows estiver logado e executando o Tableau Bridge.

    Se o computador estiver desligado, se você tiver se desconectado do Windows ou se tiver saído do Tableau Bridge, as atualizações das fontes de dados definidas no Tableau Bridge não serão capazes de alcançar o Tableau Online, sendo assim, as fontes de dados não serão atualizadas até que você faça o logon novamente. Durante esse período, você receberá e-mails de notificação de falhas do Tableau Online. Para obter mais informações, consulte Interromper a atualização de dados pelo Tableau Bridge.

  • Para garantir que as atualizações de fontes de dados baseadas em arquivos e fontes de dados estatísticas baseadas em arquivo sejam concluídas sem problemas, um cliente do Tableau Bridge que foi configurado para ser executado como um serviço deve fazer referência ao caminho UNC completo do arquivo de origem, não ao caminho do drive mapeado. Para um cliente que foi configurado para ser executado como um aplicativo, o Tableau recomenda fortemente que ele também faça referência ao caminho UNC completo. Para obter mais informações, consulte Alterar o caminho do arquivo de uma fonte de dados vinculada.

Mais informações sobre o Tableau Bridge

Se você já estiver familiarizado com os princípios básicos do Tableau Bridge e estiver pronto para configurá-lo e começar a usá-lo, consulte um dos seguintes tópicos:

Você também pode se interessar pelos tópicos a seguir: