Essa página foi útil?
Sim Não

Comandos tabcmd

Você pode usar os seguintes comandos com a ferramenta de linha de comando tabcmd:

addusers group-name

Adiciona usuários ao grupo especificado.

Exemplo

tabcmd addusers "Development" --users "users.csv"

Opções

--users

Adiciona os usuários do arquivo .csv conhecido ao grupo especificado. O arquivo deve ser uma lista simples com um nome de usuário por linha. Os nomes de usuário não diferenciam letras maiúsculas de minúsculas. Os usuários já devem ter sido criados no Tableau Server.

Para obter mais informações, consulte Diretrizes do arquivo de importação CSV.

--[no-]complete

Quando definida como complete, essa opção exige que todas as linhas sejam válidas para que qualquer alteração seja bem-sucedida. Se não especificada, --complete será usada.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

creategroup group-name

Cria um grupo. Use os comandos addusers (para grupos locais) e syncgroup (para grupos do Active Directory) para adicionar usuários após a criação do grupo.

Exemplo

tabcmd creategroup "Development"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

createproject project-name

Cria um projeto.

Exemplo

tabcmd createproject -n "Quarterly_Reports" -d "Workbooks showing quarterly sales reports."

Opções

-n, --name

Especifica o nome do projeto que você deseja criar.

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado na opção -n. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "aninhado" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" -n "Nested".

-d, --description

Especifica uma descrição para o projeto.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

createsite site-name

Cria um site.

Exemplos

Crie um site denominado West Coast Sales. Uma ID de site WestCoastSales será automaticamente criada, o site não terá limite de cota de armazenamento e os administradores de site poderão adicionar e remover usuários:

tabcmd createsite "West Coast Sales"

Crie um site denominado West Coast Sales com a ID de site wsales:

tabcmd createsite "West Coast Sales" -r "wsales"

Impeça que os administradores de site adicionem usuários ao site:

tabcmd createsite "West Coast Sales" --no-site-mode

Defina uma cota de armazenamento, em MB:

tabcmd createsite "West Coast Sales" --storage-quota 100

Opções

-r, --url

Usada em URLs para especificar o site. Diferente do nome do site.

--user-quota

Número máximo de usuários que podem ser adicionados ao site.

--[no-]site-mode

Permite ou nega a administradores de site a capacidade de adicionar ou remover usuários do site.

--storage-quota

Em MB, a quantidade de pastas de trabalho, extrações e fontes de dados que podem ser armazenadas no site.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

createsiteusers filename.csv

Adiciona usuários a um site, com base nas informações fornecidas em um arquivo de valores separados por vírgula (CSV). Se o usuário ainda não tiver sido criado no servidor, o comando cria o usuário antes de adicioná-lo ao site.

O arquivo CSV deve conter um ou mais nomes de usuário e também pode incluir (para cada usuário) senha, nome completo, tipo de licença, nível de administrador, publicador (sim/não) e endereço de e-mail. Pra obter informações sobre o formato do arquivo CSV, consulte Diretrizes do arquivo de importação CSV.

Como uma alternativa à inclusão de permissões a nível do administrador ou publicador no arquivo CSV, é possível transmitir informações a nível de acesso ao incluir a opção --role e especificar a função no site que deseja atribuir aos usuários listados no arquivo CSV.

Por padrão, os usuários são adicionados ao site no qual você está logado. Para adicionar usuários a um site diferente, inclua a opção global --site e especifique esse site. (Você deve ter permissões para criar os usuários no site especificado.)

Se o servidor contiver vários sites, você não pode adicionar administradores do servidor (sistema) por meio do comando createsiteusers. Em vez disso, use createusers. Se você especificar a função no site ServerAdministrator para a opção --role, o comando retornará um erro. Se o arquivo CSV incluir System como valor para o administrador, o valor é ignorado e o usuário recebe o tipo de licença Unlicensed.

Se o servidor contiver somente um site (o site padrão), você pode especificar system para o valor do administrador de um usuário, ou até mesmo atribuir a função no site ServerAdministrator usando a opção --role, se deseja que todos os usuários no arquivo CSV sejam administradores do sistema.

Por padrão, este comando cria usuários usando uma operação síncrona (ele aguarda que todas as operações sejam concluídas antes de continuar). Você pode usar a opção --no-wait para especificar uma operação assíncrona.

Autenticação local

Se o servidor estiver configurado para usar autenticação local, as informações no arquivo CSV serão usadas para criar usuários.

Autenticação do Active Directory

Se o servidor estiver configurado para usar a autenticação do Active Directory, as informações do usuário serão importadas do Active Directory e as informações de senha e nome amigável do arquivo CV serão ignoradas. Além disso, se um usuário for especificado no arquivo CSV, mas existir um usuário correspondente no Active Directory, esse usuário não será adicionado ao Tableau Server. Para os usuários do Active Directory, como não é garantido que o nome de usuário seja exclusivo entre os domínios, você deverá incluir o domínio como parte do nome de usuário. É possível especificar como domain/username ou username@domain.com; contudo, recomendamos usar o formato domain/username. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de usuários em implantações do Active Directory.

Exemplo

tabcmd createsiteusers "users.csv" --role "Explorer"

Opções

--admin-type

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--complete

Exige que todas as linhas sejam válidas para que qualquer alteração seja bem-sucedida. Essa é a configuração padrão.

--no-complete

Especifica que o comando deve fazer alterações no servidor, mesmo que nem todas as linhas contenham informações válidas. Linhas com informações inválidas são ignoradas.

--no-publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--nowait

Não espera que os trabalhos assíncronos sejam concluídos.

--publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--role

Especifica uma função no site para todos os usuários no arquivo .csv. Quando você deseja atribuir funções no site usando a opção --role, crie um arquivo CSV separado para cada função no site.

Os valores válidos são ServerAdministrator, SiteAdministratorCreator, SiteAdministratorExplorer, Creator, ExplorerCanPublish, Explorer, Viewer, ReadOnly e Unlicensed.

O padrão é Unlicensed para novos usuários e inalterado para usuários existentes. Os usuários são adicionados como não licenciados também no caso de uma instalação de servidor com base em usuário e se o comando createsiteusers criar um novo usuário, mas você já tiver atingido o limite de número de licenças para usuários.

Observação: em um Tableau Server de vários sites, se você deseja atribuir a função no site ServerAdministrator usando a opção --role, use o comando createusers em vez do createsiteusers.

--silent-progress

Não exibe mensagens de progresso para o comando.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

createusers filename.csv

Cria usuários no Tableau Server com base em informações fornecidas em um arquivo de valores separados por vírgula (CSV).

O arquivo CSV deve conter um ou mais nomes de usuário e também pode incluir (para cada usuário) senha, nome completo, tipo de licença, nível de administrador, publicador (sim/não) e endereço de e-mail. Pra obter informações sobre o formato do arquivo CSV, consulte Diretrizes do arquivo de importação CSV.

Como uma alternativa à inclusão de permissões a nível do administrador ou publicador no arquivo CSV, é possível transmitir informações a nível de acesso ao incluir a opção --role e especificar a função no site que deseja atribuir aos usuários listados no arquivo CSV.

Se o servidor tiver apenas um site (o site padrão), o usuário é criado e adicionado ao site. Se o servidor tiver vários sites, o usuário é criado, mas não é adicionado a nenhum site. Para adicionar usuários a um site, use createsiteusers.

No caso de uma instalação de servidor com base em usuário, se o comando criar um novo usuário, mas você já tiver atingido o limite de número de licenças para usuários, esse usuário será adicionado como não licenciado.

Autenticação local

Se o servidor estiver configurado para usar autenticação local, as informações no arquivo CSV serão usadas para criar usuários.

Autenticação do Active Directory

Se o servidor estiver configurado para usar a autenticação do Active Directory, as informações do usuário serão importadas do Active Directory e as informações de senha e nome amigável do arquivo CV serão ignoradas. Além disso, se um usuário for especificado no arquivo CSV, mas existir um usuário correspondente no Active Directory, esse usuário não será adicionado ao Tableau Server. Para os usuários do Active Directory, como não é garantido que o nome de usuário seja exclusivo entre os domínios, você deverá incluir o domínio como parte do nome de usuário. É possível especificar como domain/username ou username@domain.com; contudo, recomendamos usar o formato domain/username. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de usuários em implantações do Active Directory.

Exemplo

tabcmd createusers "users.csv" --role "ServerAdministrator"

tabcmd createusers "users.csv"

Opções

--admin-type

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--complete

Exige que todas as linhas sejam válidas para que qualquer alteração seja bem-sucedida. Essa é a configuração padrão.

--no-complete

Especifica que o comando deve fazer alterações no servidor, mesmo que nem todas as linhas contenham informações válidas. Linhas com informações inválidas são ignoradas.

--no-publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--nowait

Não espera que os trabalhos assíncronos sejam concluídos.

--publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

-r, --role

Especifica uma função no site para todos os usuários no arquivo .csv. Quando você deseja atribuir funções no site usando a opção --role, crie um arquivo CSV separado para cada função no site.

Os valores válidos são ServerAdministrator, SiteAdministratorCreator, SiteAdministratorExplorer, Creator, ExplorerCanPublish, Explorer, Viewer, ReadOnly e Unlicensed.

Em um servidor com vários sites, o comando não atribui o usuário a um site. Portanto, as únicas funções no site que o comando atribuirá com sucesso são ServerAdministrator e Unlicensed. Ao especificar qualquer outra função no site, o comando atribui a função de Unlicensed.

Em um servidor de site único, o usuário é criado e adicionado ao site padrão usando a função que você especificar.

No caso de uma instalação de servidor com base em usuário, se o comando criar um novo usuário, mas você já tiver atingido o limite de número de licenças para usuários, esse usuário será adicionado como não licenciado.

--silent-progress

Não exibe mensagens de progresso para o comando.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

delete workbook-name ou datasource-name

Exclui do servidor a pasta de trabalho ou fonte de dados especificada.

Esse comando captura o nome da pasta de trabalho ou fonte de dados como está no servidor, e não o nome do arquivo de quando ele foi publicado.

Exemplo

tabcmd delete "Sales_Analysis"

Opções

-r, --project

O nome do projeto que contém a pasta de trabalho ou a fonte de dados a ser excluída. Caso não esteja especificado, o projeto “Padrão” será adotado.

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado na opção -r. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "aninhado" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" -r "Nested".

--workbook

O nome da pasta de trabalho que você deseja excluir.

--datasource

O nome da fonte de dados que você deseja excluir.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

deletegroup group-name

Exclui do servidor um grupo especificado.

Exemplo

tabcmd deletegroup "Development"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

deleteproject project-name

Exclui do servidor um projeto especificado.

Ao usar tabcmd, só é possível especificar projetos de nível superior na hierarquia de um projeto. Para automatizar tarefas que deseja realizar em um projeto incluso em um projeto principal, use a chamada a API REST equivalente do Tableau.

Exemplo

tabcmd deleteproject "Designs"

Opção

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado no comando. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "Designs" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" "Designs".

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

deletesite site-name

Exclui do servidor um site especificado.

Exemplo

tabcmd deletesite "Development"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

deletesiteusers filename.csv

Exclui os usuários do site no qual você está logado. Os usuários que serão removidos são especificados em um arquivo que contém uma lista simples de um nome de usuário por linha. (Nenhuma informação adicional é necessária além do nome do usuário.)

Por padrão, se o servidor tiver apenas um site ou se o usuário pertencer a apenas um site, o usuário também é removido do servidor. Em uma instalação do Tableau Server Enterprise, se o servidor contiver vários sites, os usuários que recebem a função de site de Administrador de servidor são removidos do site, mas não do servidor.

Se o usuário possui conteúdo, a função de usuário é alterada para Não licenciado, mas ele não será removido do servidor ou site. O conteúdo ainda é propriedade desse usuário. Para remover o usuário completamente, você deve alterar o proprietário do conteúdo e, em seguida, tentar removê-lo novamente.

Se o usuário foi importado do Active Directory, ele é removido do site e, possivelmente, do servidor. No entanto, o usuário não é excluído do Active Directory.

Exemplo

tabcmd deletesiteusers "users.csv"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

deleteusers filename.csv

Exclui os usuários listados no arquivo de valores separados por vírgula (.csv) especificado.

O arquivo.csv deve conter uma lista simples de um nome de usuário por linha.

Exemplo

tabcmd deleteusers "users.csv"

Opções

--[no-]complete

Quando definida como --complete, essa opção exige que todas as linhas sejam válidas para que qualquer alteração seja bem-sucedida. Se não especificada, --complete será usada.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

editdomain

Altera o apelido ou nome de domínio completo de um domínio do Active Directory no servidor. Um “apelido” de domínio é o nome de domínio NetBIOS do Windows.

É possível modificar o apelido para qualquer domínio que o servidor esteja usando. Em geral, você pode modificar o nome de domínio completo de qualquer domínio, exceto daquele que você usou para entrar. No entanto, caso o nome de usuário atualmente usado por você para entrar esteja no domínio atual e no novo domínio, você pode modificar o nome completo do domínio atual.

Consulte Gerenciamento de usuários em implantações do Active Directory para entender como vários domínios, mapeamento de nome de domínio e nomes de usuário interagem com o Tableau Server.

Para visualizar uma lista de domínios, use listdomains.

Exemplos

tabcmd editdomain --id 2 --nickname "new-nickname"

tabcmd editdomain --id 3 --name "new-name"

Opções

--id

A ID de domínio para alterar. Para obter uma lista de IDs de domínio, use listdomains.

--name

O novo nome para o domínio.

--nickname

O novo apelido para o domínio.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

editsite site-name

Altera o nome de um site ou o nome de sua pasta Web. Você também pode usar esse comando para permitir ou negar a administradores de site a capacidade de adicionar e remover usuários. Se os administradores de site tiverem direitos de gerenciamento de usuário, você poderá especificar quantos usuários eles podem adicionar a um site.

Exemplos

tabcmd editsite wc_sales --site-name "West Coast Sales"

tabcmd editsite wc_sales --site-id "wsales"

tabcmd editsite wsales --status ACTIVE

tabcmd editsite wsales --user-quota 50

Opções

--site-name

O nome do site que é exibido.

--site-id

Usada na URL para identificar o site de forma exclusiva.

--user-quota

Número máximo de usuários que podem ser membros do site.

--[no-]site-mode

Permitir ou impedir que os administradores de site adicionem usuários ao site.

--status

Defina como ACTIVE para ativar um site ou SUSPENDED para suspender um site.

--storage-quota

Em MB, a quantidade de pastas de trabalho, extrações e fontes de dados que podem ser armazenadas no site.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

export

Exporta uma exibição ou pasta de trabalho do Tableau Server e a salva em um arquivo. Esse comando também pode exportar apenas os dados usados para uma exibição.

Observe o seguinte quando for usar esse comando:

  • Permissões: Para exportar, você deve ter a permissão Exportar imagem. Por padrão, essa permissão é autorizada ou herdada para todas as funções, embora as permissões possam ser definidas por pasta de trabalho ou exibição.

  • Exportando dados: Para exportar apenas os dados para uma exibição, use a opção --csv. Ela exporta os dados de resumo usados em uma exibição para um arquivo .csv.

  • Como especificar a exibição, a pasta de trabalho ou os dados a serem exportados:

    • Use parte da URL para identificar o que será exportado, especialmente a cadeia de caracteres "workbook/view" já que ela aparece na URL da pasta de trabalho ou da exibição. Não use o “nome amigável” e exclua a ID de sessão :iid=<n> do final da URL.

      Por exemplo, a exibição de amostra do Tableau Temperaturas globais na pasta de trabalho Regional tem uma URL parecida com essa: <server_name>/#/views/Regional/GlobalTemperatures?:iid=3

      Para exportar a exibição Global Temperatures, use a cadeia de caracteres Regional/GlobalTemperatures.

      Nãouse Regional/Global Temperatures ou Regional/GlobalTemperatures?:iid=3.

    • Se o servidor executa vários sites e a exibição ou a pasta de trabalho está em um site que não seja o Padrão, use -t <site_id>.

    • Para exportar uma pasta de trabalho, obtenha a cadeia de caracteres da URL ao abrir uma exibição da pasta e a inclua na cadeia que for usar.

      No exemplo acima, para exportar a pasta de trabalho Regional, use a cadeia de caracteres Regional/GlobalTemperatures.

    • Para exportar uma pasta de trabalho, ela deve ter sido publicada com a opção Mostrar planilhas como guias selecionada na caixa de diálogo Publicar do Tableau Desktop.

  • O formato do arquivo salvo: Suas opções de formato dependem do que está sendo exportado. Uma pasta de trabalho somente pode ser exportada como um PDF, usando o argumento --fullpdf. É possível exportar uma exibição como um PDF (--pdf) ou um PNG (--png).

  • O nome e o local do arquivo salvo (opcional): Se você não informar um nome, ele será derivado do nome de exibição ou pasta de trabalho. Se você não informar um local, o arquivo será salvo em seu diretório de trabalho atual. Caso contrário, você poderá especificar um caminho completo ou um que seja relativo ao seu diretório de trabalho atual.

    Observação: você deve incluir uma extensão de nome de arquivo, por exemplo, .csv ou .pdf. O comando não adiciona automaticamente uma extensão ao nome de arquivo que você fornece.

  • Objetos de página da Web do painel não incluídos em exportações para PDF: Um painel pode conter opcionalmente um objeto de página da Web. Se você estiver executando uma exportação para PDF de um painel que contém um objeto de página da Web, esse objeto não será incluído no PDF.

  • Caracteres não-ASCII e exportações de PDF: se você tiver exportando uma exibição ou pasta de trabalho com um nome que inclua caracteres fora do conjunto de caracteres ASCII, será necessário codificar o caractere com URL (ou codificar com percentual).

    Por exemplo, se o seu comando inclui a cidade Zürich, é necessário codificá-lo com URL como Z%C3%BCrich:

    tabcmd export "/Cities/Sheet1?locationCity=Z%C3%BCrich" -fullpdf

Limpeza do cache para usar dados em tempo real

Opcionalmente, você pode adicionar o parâmetro de URL ?:refresh=yes para forçar uma consulta de dados atualizados em vez de extrair os resultados do cache. Se você estiver usando o tabcmd com seu próprio script e o parâmetro de URL refresh estiver sendo muito usado, isso poderá prejudicar o desempenho. É recomendável usar refresh somente quando dados em tempo real são necessários, por exemplo, em um painel único em vez de uma pasta de trabalho inteira.

Exemplos

Exibições

tabcmd export "Q1Sales/Sales_Report" --csv -f "Weekly-Report.csv"

tabcmd export -t Sales "Sales/Sales_Analysis" --pdf -f "C:\Tableau_Workbooks\Weekly-Reports.pdf"

tabcmd export "Finance/InvestmentGrowth" --png

tabcmd export "Finance/InvestmentGrowth?:refresh=yes" --png

Pastas de trabalho

tabcmd export "Q1Sales/Sales_Report" --fullpdf

tabcmd export "Sales/Sales_Analysis" --fullpdf --pagesize tabloid -f "C:\Tableau_Workbooks\Weekly-Reports.pdf"

Opções

-f, --filename

Salva o arquivo com o nome de arquivo e extensão fornecidos.

--csv

Somente exibição. Exporte os dados da exibição (dados de resumo) no formato.csv.

--pdf

Somente exibição. Exportar como PDF.

--png

Somente exibição. Exportar como imagem em formato.png.

--fullpdf

Somente pasta de trabalho. Exportar como PDF. É preciso que a pasta de trabalho tenha sido publicada com a opção Mostrar planilhas como guias habilitada.

--pagelayout

Define a orientação da página (landscape ou portrait) do PDF exportado. Se não especificada, sua configuração do Tableau Desktop será usada.

--pagesize

Define o tamanho da página do PFD exportado como o seguinte: unspecified, letter, legal, note folio, tabloid, ledger, statement, executive, a3, a4, a5, b4, b5 ou quarto. O padrão é letter.

--width

Define a largura em pixels. O padrão é 800 px.

--height

Define a altura em pixels. O padrão é 600 px.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

get url

Obtém o recurso de Tableau Server que é representado pela URL (parcial) especificada. O resultado é retornado como um arquivo.

Observe o seguinte quando for usar esse comando:

  • Permissões: para obter um arquivo, você deve ter a permissão Baixar/salvar na Web como. Por padrão, essa permissão é autorizada ou herdada para todas as funções, embora as permissões possam ser definidas por pasta de trabalho ou exibição.

  • Especificando uma exibição ou pasta de trabalho para obter: você pode especificar uma exibição para obter usando a cadeia de caracteres "/views/<workbookname>/<viewname>.<extension>"e especificar uma pasta de trabalho para obter usando a cadeia de caracteres "/workbooks/<workbookname>.<extension>". Substitua <workbookname> e <viewname> com os nomes da pasta de trabalho e exibição, à medida que aparecem na URL, quando você abre a exibição em um navegador e substitui <extension> pelo tipo de arquivo que deseja salvar. Não use a ID da sessão no final da URL (?:iid=<n>) ou o nome "amigável"da pasta de trabalho ou exibição.

    Por exemplo, ao abrir Totais regionais de uma exibição em uma pasta de trabalho chamada Resumo de métricas, a URL ficará parecida com:

    /views/MetricsSummary_1/RegionalTotals?:iid=1

    Use a cadeia de caracteres /views/MetricsSummary_1/RegionalTotals.<extension> para obter a exibição.

    Use a cadeia de caracteres /workbooks/MetricsSummary_1.<extension> para obter a pasta de trabalho.

  • Extensão do arquivo: a URL deve incluir uma extensão de arquivo. A extensão determina o que é retornado. Uma exibição pode ser retornada no formato PDF, PNG ou CSV (somente dados de resumo). Uma pasta de trabalho do Tableau retorna como TWB se ele se conectar a uma fonte de dados publicada ou usar uma conexão ativa, ou um TWBX caso se conecte a uma extração de dados.

    Observação: se você estiver baixando uma exibição para um arquivo PDF ou PNG e incluir um parâmetro --filename com a extensão .pdf ou .png, não será necessário incluir uma extensão .pdf ou .png na URL.

  • O nome e o local do arquivo salvo (opcional): o nome que você usa para --filename deve incluir a extensão do arquivo. Se você não informar um nome e extensão de arquivo, ambos serão derivados da cadeia de caracteres de URL. Se você não informar um local, o arquivo será salvo em seu diretório de trabalho atual. Caso contrário, você poderá especificar um caminho completo ou um que seja relativo ao seu diretório de trabalho atual.

  • Tamanho do PNG (opcional): se o arquivo salvo estiver em PNG, você poderá especificar o tamanho, em pixels, na URL.

Limpeza do cache para uso dos dados em tempo real

Opcionalmente, você pode adicionar o parâmetro de URL ?:refresh=yes para forçar uma consulta de dados atualizados em vez de extrair os resultados do cache. Se você estiver usando o tabcmd com seu próprio script, usar demais o parâmetro refresh poderá ter um impacto negativo sobre o desempenho. É recomendável usar refresh somente quando dados em tempo real são necessários, por exemplo, em um painel único em vez de uma pasta de trabalho inteira.

Exemplos

Exibições

tabcmd get "/views/Sales_Analysis/Sales_Report.png" --filename "Weekly-Report.png"

tabcmd get "/views/Finance/InvestmentGrowth.pdf" -f "Q1Growth.pdf"

tabcmd get "/views/Finance/InvestmentGrowth" -f "Q1Growth.pdf"

tabcmd get "/views/Finance/InvestmentGrowth.csv"

tabcmd get "/views/Finance/InvestmentGrowth.png?:size=640,480" -f growth.png

tabcmd get "/views/Finance/InvestmentGrowth.png?:refresh=yes" -f growth.png

Pastas de trabalho

tabcmd get "/workbooks/Sales_Analysis.twb" -f "C:\Tableau_Workbooks\Weekly-Reports.twb"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

initialuser

Crie o usuário administrativo inicial em um servidor que não tenha um usuário administrativo inicial definido.

Coloque os valores entre aspas simples.

Observação: o comando tabcmd initialuser não requer autenticação no Tableau Server, mas deve sr executado no nó inicial do servidor.

Exemplos

tabcmd initialuser --username 'admin' --password 'password' --server http://localhost

tabcmd initialuser --username 'admin' --password 'password' --friendly 'Tableau Admin' --server http://localhost

Para solicitar a senha no shell, não inclua o parâmetro --password no comando. Por exemplo:

tabcmd initialuser --username 'admin' --server http://localhost

Opções

-f, --friendly

Cria o usuário administrativo inicial com o nome de exibição.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

listdomains

Exibe uma lista de domínios do Active Directory que estão em uso no servidor, juntamente com os seus apelidos e IDs. Se o servidor estiver configurado para usar a autenticação local, o comando retorna apenas o nome de domínio local.

Exemplo

tabcmd listdomains

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

listsites

Retorna uma lista de sites aos quais o usuário conectado pertence.

Exemplo

tabcmd listsites --username adam --password mypassword

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

logon

Um usuário do Tableau Server faz logon.

Use as opções globais --server, --site, --username, --password para criar uma sessão.

Observação: quando você usa o comando tabcmd login, não é possível usar o logon único (SSO, single-sign-on) do SAML, mesmo se o servidor estiver configurado para usar o SAML. Para entrar, você deve inserir o nome de usuário e senha de um usuário criado no servidor. Você terá as permissões do usuário do Tableau Server pelo qual está logado. Para obter mais informações, consulte Definir funções dos usuários no site e Permissões e propriedade de conteúdo.

Se quiser fazer logon usando as mesmas informações que já foram usadas para criar uma sessão, basta especificar a opção --password. Serão usados o nome de usuário e servidor armazenados no cookie.

Se o servidor estiver usando uma porta diferente de 80 (o padrão), você deverá especificá-la.

Você só precisa da opção --site (-t) quando o servidor está executando vários sites e você está se conectando a um site que não seja o padrão. Se você não fornecer uma senha, uma será solicitada. Se a opção --no-prompt for especificada e nenhuma senha for fornecida, o comando falhará.

Após o logon, a sessão continuará até expirar no servidor ou até que o comando logout seja executado.

Exemplo

Conecta o usuário jsmith ao Tableau Server que executa no computador local:

tabcmd login -s http://localhost -u jsmith -p password

Conecta o administrador ao site Sales no sales-server:

tabcmd login -s http://sales-server -t Sales -u administrator -p password

tabcmd login -s http://sales-server:8000 -t Sales -u administrator -p password

Conecta o administrador ao site Sales no sales-server com o uso do SSL, mas não valida o certificado SSL do servidor:

tabcmd login --no-certcheck -s https://sales-server -t Sales -u administrator -p password

Estabelece um proxy avançado e uma porta para localhost:

tabcmd login --proxy myfwdproxyserver:8888 -s http://localhost -u jsmith -p password

Conecta o usuário jsmith ao proxy reverso com o uso do SSL:

tabcmd login -s https://myreverseproxy -u jsmith -p password

Opções

-s, --server

Se o comando for executado de um computador com o Tableau Server que faça parte da rede, é possível usar http://localhost. Caso contrário, especifique a URL do computador, por exemplo, http://bigbox.myco.com ou http://bigbox.

No Tableau Online especifique a URL https://online.tableau.com.

-t, --site

Inclua essa opção caso o servidor tenha vários sites e você esteja fazendo logon em um site que não seja o padrão.

A ID do site é usada na URL para identificá-lo com exclusividade. Por exemplo, um site chamado West Coast Sales pode ter uma ID west-coast-sales.

-u, --username

O nome de usuário do usuário que faz o logon. Para o Tableau Online, o nome de usuário é o endereço de e-mail do usuário.

-p, --password

Senha do usuário especificada para --username. Se você não fornecer uma senha, uma será solicitada.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo fornecido filename.txt em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-x, --proxy

Use para especificar o servidor proxy HTTP e a porta (Host:Porta) para a solicitação de tabcmd.

--no-prompt

Não solicite uma senha. Se nenhuma senha for especificada, o comando login falhará.

--no-proxy

Não use um servidor proxy HTTP.

--cookie

Salva a ID de sessão no logon. Os comandos subsequentes não exigirão logon. Este valor é o padrão para o comando.

--no-cookie

Não salve as informações de ID da sessão após um logon bem-sucedido. Os comandos subsequentes exigirão logon.

--timeout SECONDS

O número de segundos que o servidor deve esperar antes de processar o comando login. Padrão: 30 segundos.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

logout

Faz logout no servidor.

Exemplo

tabcmd logout

publish filename.twb(x), filename.tds(x), or filename.hyper

Publica a pasta de trabalho (.twb(x)), fonte de dados (.tds(x)) ou extração (.hyper) especificadas no Tableau Server.

Por padrão, se você estiver publicando uma pasta de trabalho, todas as planilhas da pasta de trabalho serão publicadas sem nomes de usuário ou senhas de banco de dados.

As permissões inicialmente atribuídas à pasta de trabalho ou fonte de dados são copiadas do projeto onde o arquivo é publicado. As permissões para o recurso publicado podem ser alteradas depois que o arquivo for publicado. 

Se a pasta de trabalho contiver filtros de usuário, será preciso especificar uma das opções de miniatura.

Exemplo

tabcmd publish "analysis.twbx" -n "Sales_Analysis" --db-username "jsmith" --db-password "secret-password"

tabcmd publish "analysis_sfdc.hyper" -n "Sales Analysis"
--oauth-username "user-name" --save-oauth

Se o arquivo não estiver no mesmo diretório de tabcmd, inclua o caminho completo do arquivo.

Exemplo

tabcmd publish "\\computer\volume\Tableau Workbooks\analysis.twbx" -n "Sales_Analysis" --db-username "jsmith" --db-password "secret-password"

tabcmd publish "\\computer\volume\Tableau Workbooks\analysis_sfdc.hyper" -n "Sales Analysis" --oauth-username "username" --save-oauth

Opções

-n, --name

Nome da pasta de trabalho ou fonte de dados no servidor. Se omitida, a pasta de trabalho, fonte de dados ou extração de dados terá o nome do arquivo.

-o, --overwrite

Substitui a pasta de trabalho, fonte de dados ou extração de dados se ela já existir no servidor.

-r, --project

Publica a pasta de trabalho, fonte de dados ou extração de dados no projeto especificado. Publica no projeto “padrão” se não for especificado.

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado na opção -r. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "aninhado" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" -r "Nested".

--db-username

Use essa opção para publicar um nome de usuário de banco de dados com a pasta de trabalho, fonte de dados ou extração de dados.

--db-password

Use essa opção para publicar uma senha de banco de dados com a pasta de trabalho, fonte de dados ou extração.

--save-db-password

Armazena a senha de banco de dados fornecida no servidor.

--oauth-username

Endereço de e-mail da conta do usuário. Conecta o usuário por meio de uma conexão OAuth pré-configurada, caso o usuário já tenha um token de acesso salvo para a fonte de dados na nuvem especificada em --name. Os tokens de acesso são gerenciados nas preferências do usuário.

Para conexões OAuth existentes com a fonte de dados, use essa opção em vez de --db-username e --db-password.

--save-oauth

Salva a credencial especificada por --oauth-username como credencial inserida na pasta de trabalho ou fonte de dados publicada.

Subsequentemente, quando o publicador ou administrador do servidor faz logon no servidor e edita a conexão dessa pasta de trabalho ou fonte de dados, as configurações da conexão mostrarão essa credencial OAuth como inserida no conteúdo.

Se quiser agendar atualizações de extração após publicar, você precisará incluir essa opção em --oauth-username. Isso é análogo a usar --save-db-password com uma conexão de banco de dados tradicional.

--thumbnail-username

Se a pasta de trabalho contiver filtros de usuário, as miniaturas serão geradas com base no que o usuário especificado pode ver. Não pode ser especificada quando a opção --thumbnail-group estiver definida.

--thumbnail-group

Se a pasta de trabalho contiver filtros de usuário, as miniaturas serão geradas com base no que o grupo especificado pode ver. Não pode ser especificada quando a opção --thumbnail-username estiver definida.

--tabbed

Quando uma pasta de trabalho com exibições com guias é publicada, cada planilha torna-se uma guia que os visualizadores podem usar para navegar pela pasta de trabalho. Observe que essa configuração substituirá qualquer segurança no nível de planilha.

--append

Anexa o arquivo de extração à fonte de dados existente.

--replace

Usa o arquivo de extração para substituir a fonte de dados existente.

--disable-uploader

Desabilita o carregador de arquivos incremental.

--restart

Reinicia o upload do arquivo.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

publishsamples

Descrição

Publica pastas de trabalho de amostra do Tableau ao projeto especificado. Qualquer amostra existente será substituída.

Sintaxe

tabcmd publishsamples -n [project name] [Global options]

Exemplo

Publique amostras no prijeto Vendas internas no site Padrão, como o usuário jsmith.

tabcmd publishsamples -n "Inside Sales" -t "" -s localhost --username "jsmith" --password "secret-password"

Opções

-n, --name

Obrigatório. Publica amostras do Tableau ao projeto especificado. Se o nome do projeto incluir espaços, insira-o entre aspas.

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado na opção -n. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "aninhado" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" -n "Nested".

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

refreshextracts workbook-name or datasource-name

Faz uma atualização completa ou incremental de extrações que pertencem à pasta de trabalho ou fonte de dados especificada.

Esse comando captura o nome da pasta de trabalho ou fonte de dados como ele aparece no servidor, e não o nome do arquivo quando ele foi publicado. Apenas um administrador ou o proprietário da pasta de trabalho ou fonte de dados tem permissão para executar essa operação.

Exemplos

tabcmd refreshextracts --datasource sales_ds

tabcmd refreshextracts --project "Sales External" --datasource sales_ds

tabcmd refreshextracts --workbook "My Workbook"

tabcmd refreshextracts --url SalesAnalysis

tabcmd refreshextracts --workbook "My Workbook" --addcalculations

tabcmd refreshextracts --datasource sales_ds --removecalculations

Opções

--incremental

Executa a operação de atualização incremental.

--synchronous

Adiciona a operação de atualização completa à fila usada pelo processador em segundo plano para ser executada assim que o processador em segundo plano estiver disponível. Se um processador em segundo plano estiver disponível, a operação é executada imediamente. A operação de atualização aparece no relatório de Tarefas em segundo plano.

Durante uma atualização síncrona, o tabcmd mantém uma conexão em tempo real com o servidor, enquanto a operação de atualização está em andamento, sondando a cada segundo até que o trabalho em segundo plano esteja concluído.

--workbook

O nome da pasta de trabalho que contém extrações para atualização. Se a pasta de trabalho tiver espaços no nome, coloque-o entre aspas.

--datasource

O nome da fonte de dados que contém extrações para atualização.

--project

" --workbook ou --datasource para identificar uma pasta de trabalho ou fonte de dados em um projeto que não seja o padrão. Caso não esteja especificado, o projeto Padrão será adotado.

--parent-project-path

Especifica o nome do projeto principal para o projeto aninhado, como indicado na opção --project. Por exemplo, para especificar um projeto denominado "aninhado" que existe em um projeto "Principal", use a seguinte sintaxe: --parent-project-path "Main" --project "Nested".

--url

O nome da pasta de trabalho conforme ele aparece no URL. Uma pasta de trabalho publicada como “Análise de vendas” tem um nome de URL “SalesAnalysis”.

--addcalculations

Use com --workbook para materializar os cálculos na extração inserida da pasta de trabalho ou --datasource para materializar os cálculos na fonte de dados de extração. Adiciona a operação à consulta usada pelo processo do processador em segundo plano. Se um processador em segundo plano estiver disponível, a operação é executada imediatamente. Essa operação aparece na exibição administrativa Tarefas em segundo plano para extrações .

--removecalculations

Use com --workbook ou --datasource para remover cálculos que foram materializados previamente. Adiciona a operação à consulta usada pelo processo do processador em segundo plano. Se um processador em segundo plano estiver disponível, a operação é executada imediatamente. Essa operação aparece na exibição administrativa Tarefas em segundo plano para extrações .

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

removeusers group-name

Remove usuários do grupo especificado.

Exemplo

tabcmd removeusers "Development" --users "users.csv"

Opções

--users

Remove os usuários no arquivo.csv fornecido do grupo especificado. O arquivo deve ser uma lista simples com um nome de usuário por linha.

--[no-]complete

Exige que todas as linhas sejam válidas para que qualquer alteração seja bem-sucedida. Se não especificada, --complete será usada.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

runschedule schedule-name

Executa a agenda especificada.

Esse comando captura o nome da agenda como está no servidor.

Para o Tableau Online, o comando pode ser executado dentro do escopo de um único site, usando permissões de administrador de site.

Exemplo

tabcmd runschedule "5AM Sales Refresh"

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

set setting

Habilita a configuração especificada no servidor. Os detalhes sobre cada configuração podem ser vistos na página Manutenção do servidor.

Use um ponto de exclamação em frente ao nome da configuração para desabilitá-la. É possível habilitar ou desabilitar as seguintes configurações:

  • allow_scheduling

  • embedded_credentials

  • remember_passwords_forever

Exemplo

tabcmd set embedded_credentials

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

syncgroup group-name

Sincroniza um grupo do Tableau Server com um do Active Directory. Caso o grupo do Tableau Server ainda não exista, ele é criado e sincronizado com o grupo do Active Directory especificado.

Se o nome do grupo em si inclui um caractere "@" (a não ser como separador de domínio) será necessário fazer referência ao símbolo usando o formato hex "\0x40".

Exemplo

tabcmd syncgroup "Development"

tabcmd syncgroup "Dev\0x40West"

Observação: caso sincronize um grupo no qual você é membro, as alterações feitas usando este comando não serão aplicadas ao seu usuário. Por exemplo, caso use este comando para remover o direito de administrador de usuários em um grupo no qual é membro, você ainda será um administrador ao finalizar o comando.

Opções

--no-publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

--overwritesiterole

Use ‑‑role para permitir que a função de site de um usuário seja sobrescrita por uma função com menos privilégios. Por padrão, a função de site de um usuário pode ser promovida ao usar ‑‑role, mas não pode ser rebaixada. A opção ‑‑overwritesiterole rebaixa as funções de site de usuários, portanto use-a com cuidado.

--publisher

Preterido. Em vez disso, use a opção --role.

-r, --role

Especifica uma função no site para os usuários no grupo. O padrão é Unlicensed.

--silent-progress

Não exibe mensagens de progresso para o comando.

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1

version

Exibe as informações de versão da instalação atual do utilitário tabcmd.

Exemplo

tabcmd version

Opções globais

As opções abaixo são usadas por todos os comandos tabcmd. As opções --server, --user e --password são exigidas pelo menos uma vez para iniciar a sessão. Um token de autenticação é armazenado, de modo que comandos subsequentes possam ser executados sem que essas opções sejam incluídas. Esse token permanece válido por cinco minutos após ter sido usado pelo último comando.

-h, --help

Exibe a ajuda do comando.

-c, --use-certificate

Use o certificado de cliente para entrar. Exigido quando o SSL mútuo está habilitado.

Para obter informações sobre como configurar o certificado de acordo com o sistema operacional do seu Tableau Server, comece com o seguinte tópico:

-s, --server

A URL Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-u, --user

O nome de usuário do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

-p, --password

A senha do Tableau Server, que é exigida pelo menos uma vez para iniciar a sessão.

--password-file

Permite que a senha seja armazenada no arquivo .txt fornecido, em vez de na linha de comando para aumento da segurança.

-t, --site

Indica que o comando se aplica ao site especificado pela Tableau Server ID do site. Caso você não especifique um site, o site Padrão é usado como padrão. Aplica-se apenas a servidores com vários sites.

-x, --proxy

Host:Port

Use o proxy HTTP especificado.

--no-prompt

Quando especificada, o comando não solicitará uma senha. Se nenhuma senha válida for fornecida, o comando falhará.

--no-proxy

Quando especificado, um proxy HTTP não será usado.

--no-certcheck

Quando especificado, tabcmd (o cliente) não valida o certificado SSL do servidor.

--[no-]cookie

Quando especificada, a ID da sessão é salva no logon para que os comandos subsequentes não precisem fazer logon. Use o prefixo no- para não salvar a ID da sessão. A sessão é salva por padrão.

--timeout

Aguarda o número especificado de segundos para que o servidor conclua o processamento do comando. Por padrão, o tempo limite do processo se esgotará em 30 segundos.

--

Especifica o final das opções na linha de comando. Use -- para indicar ao tabcmd que tudo que estiver após -- não deve ser interpretado como uma definição de opção e, em vez disso, pode ser interpretado como um valor para o comando. Isso é útil caso precise especificar um valor no comando que inclui um hífen. O exemplo a seguir mostra como é possível usar -- em um comando tabcmd, onde -430105/Sheet1 é um valor obrigatório para o comando export.

tabcmd export --csv -f "D:\export10.csv" -- -430105/Sheet1