Essa página foi útil?
Sim Não

Sobre a renderização do lado do cliente

O Tableau Server no Windows agora inclui o Tableau Services Manager (TSM), que substitui o Utilitário de configuração e a ferramenta de linha comando tabadmin. Caso precise de ajuda para uma versão anterior do Tableau Server, consulte a página Ajuda do Tableau.

Quando o usuário navega até uma exibição no Tableau Server, o processamento necessário para mostrar a exibição (a renderização) pode ser realizado pelo seu navegador da Web ou pelo Tableau Server, dependendo da complexidade da exibição. A complexidade da exibição é determinada pelo número de marcas, linhas, colunas e muito mais. Se uma exibição for menos complexa, será mais rápido para o seu navegador da Web renderizá-la do que enviar uma solicitação ao Tableau Server. Se uma exibição for menos complexa, então, será mais rápido enviar uma solicitação ao Tableau Server e utilizar a potência de computação do servidor.

Como administrador do servidor, ajuste o limite de complexidade para configurar quando a renderização do lado do cliente acontece tanto nos navegadores da Web quanto nos dispositivos móveis.

Requisitos

  • Supported browsers: A renderização no lado do cliente é compatível com o Internet Explorer versão 9.0 ou posterior, o Firefox, o Chrome e o Safari. Todos esses navegadores da web incluem o elemento HTML 5 <canvas>, que é usado pela renderização no lado do cliente.

  • Polígonos e o recurso de histórico de página: se uma exibição usar o tipo de marca de polígono ou o recurso de histórico de página, será realizada a renderização do lado do servidor, mesmo que a renderização do lado do cliente esteja habilitada de outra forma.

Configurar o limite de complexidade para computadores e dispositivos móveis

Como os computadores têm mais potência de processamento que os dispositivos móveis, o Tableau Server realiza mais renderizações do lado do cliente no navegador do computador que no do dispositivo móvel. Ajuste o nível de renderização do lado do cliente para computadores e dispositivos móveis com os limites de complexidade. Ajuste os limites de complexidade, caso observe que as exibições demoram a ser mostradas nos dispositivos móveis. Ou, aumente os limites para reduzir o número de solicitações ao Tableau Server.

Por padrão, o limiar de complexidade dos navegadores da Web em computadores é 100. Para ajustar esse limiar de complexidade, use o comando a seguir:

tsm configuration set -k vizqlserver.browser.render_threshold -v [new value]

Por padrão, o limiar de complexidade dos navegadores da Web em dispositivos móveis é 60. Para ajustar esse limiar de complexidade, use o comando a seguir:

tsm configuration set -k vizqlserver.browser.render_threshold_mobile -v [new value]

Por exemplo, para alterar o limite móvel para 40, insira o comando a seguir:

tsm configuration set -k vizqlserver.browser.render_threshold_mobile -v 40

Para obter mais informações sobre como usar o conjunto de opções tsm, consulte Opções do tsm configuration set.

Desabilitar a renderização do lado do cliente

Como padrão, é possível realizar a renderização do lado do cliente, sendo recomendada para melhorar o desempenho das exibições. No entanto, desabilite temporariamente a renderização do lado do cliente para realizar testes ou se o seu servidor estiver for acessado principalmente por computadores ou dispositivos móveis com mínima potência de processamento.

Use o comando tabadmin a seguir para desabilitar a renderização do lado do cliente:

tsm configuration set -k vizqlserver.browser.render -v false

Para obter mais informações sobre como usar o conjunto de opções tsm, consulte Opções do tsm configuration set.

Teste com o parâmetro de URL

Para testar a renderização no lado do servidor com base na sessão, digite ?:render=false no final da URL da exibição. Por exemplo:

http://localhost/views/Supplies/MyView?:render=false

Se a renderização no lado do cliente for desabilitada no Tableau Server, insira ?:render=true para habilitá-la para a sessão.

http://localhost/views/Supplies/MyView?:render=true

Você também pode testar limites de complexidade em particular em exibições individuais para ver se é apropriado ajustar o limite em todo o servidor para suas condições de servidor e rede. Por exemplo, você poderá achar que os pontos decisivos de complexidade mais baixa (como 80) ou mais alta (como 120) resultam em mais capacidade de resposta às interações do usuário. Para testar um limite, você pode manter a configuração padrão do servidor (habilitada para renderização no lado do cliente) e inserir o número do limite de teste ao final da URL da exibição. Por exemplo:

http://localhost/views/Supplies/MyView?:render=80