Essa página foi útil?
Sim Não

Visão geral do administrador de servidor

O Tableau Server no Windows agora inclui o Tableau Services Manager (TSM), que substitui o Utilitário de configuração e a ferramenta de linha comando tabadmin. Caso precise de ajuda para uma versão anterior do Tableau Server, consulte a página Ajuda do Tableau.

O Tableau Server no Windows integra-se a vários componentes que fazem parte da sua infraestrutura de TI para oferecer uma cultura de autoatendimento de análise de dados a seus usuários. É importante que você, como administrador, compreenda como o Tableau Server se adapta à sua infraestrutura de TI.

Os tópicos nesta seção fornecem informações sobre planejamento, implementação, ajuste e gerenciamento do Tableau Server.

Se você não estiver familiarizado com o Tableau Server e desejar implementá-lo na sua organização, incentivamos que você implemente primeiro o Tableau Server como um único servidor em um ambiente de teste. A maneira mais fácil de fazer uma instalação de único servidor e compreender os requisitos essenciais é seguir as etapas no Guia de instalação para todos.

Este tópico fornece uma visão geral breve de como refletir sobre o Tableau Server e como interagir com a sua infraestrutura de TI existente.

Visão geral da arquitetura

O Tableau Server é uma coleção de processos que funcionam juntos para oferecer uma plataforma de análise de autosserviço para os seus usuários. O diagrama a seguir mostra uma exibição arquitetural de alto nível do Tableau Server.

Os processos de vários servidores (apresentados em azul acima) trabalham juntos para oferecer serviços em várias camadas. O processo de Gateway é o componente que redireciona o tráfego de todos os clientes do Tableau aos nós do servidor disponíveis em um cluster.

O Serviços de dados é um agrupamento lógico dos serviços que fornecem dados atualizados, gerenciamento de metadados compartilhado, fontes de dados administradas e dados na memória. Os processos subjacentes que fornecem os Serviços de dados são os processos do Processador em segundo plano, do Servidor de dados e do Mecanismo de dados.

Os serviços de análise, compostos de processos do VizQL e do Servidor de cache, fornecem os serviços de visualização e análise voltados para o usuário e os serviços de cache.

O compartilhamento e a colaboração e o serviço de gerenciamento de conteúdo são fornecidos pelo processo do Servidor de aplicativos. A funcionalidade principal do Tableau Server como o logon de usuário, gerenciamento de conteúdo (projetos, sites, permissões etc.) e as atividades de administração é fornecida pelo processo do Servidor de aplicativos.

Todos os serviços acima usam e dependem do processo Repositório, que contém dados relacionais estruturados como metadados, permissões, pastas de trabalho, extrações de dados, informações do usuário e outros dados. O processo Armazenamento de arquivo permite a redundância de arquivo de extração no cluster e garante que as extrações estejam localmente disponíveis em todos os nós do cluster. Com carregamentos maiores, os arquivos de extração estão disponíveis localmente no cluster para processamento e renderização mais rápidos.

A arquitetura do Tableau é flexível, permitindo que você executa a plataforma em qualquer lugar. É possível instalar o Tableau Server no local, na sua nuvem privada ou datacenter, no Amazon EC2, na Google Cloud Platform ou no MS Azure. A plataforma de análise do Tableau também pode ser executada sobre as plataformas de virtualização. Recomendamos que você siga as práticas recomendadas para cada plataforma de virtualização, com o objetivo de garantir o melhor desempenho do Tableau Server.

Tableau e seus dados

Ao instalar o Tableau Server na sua empresa, ele se torna um componente central do pipeline de análises para os dados que os seus usuários precisam. É importante compreender como o Tableau Server interage com os seus dados de negócios. Especificamente, o Tableau Server pode armazenar extrações de dados na sua organização. Ele também pode se conectar a fontes de dados em tempo real. Como você escolhe fornecer os dados aos seus usuários do Tableau é informado por algumas variáveis: tipo de fonte de dado, cenário do usuário, exigências de desempenho e acesso, além de condições de infraestrutura.

O Tableau Server não foi estruturado como um servidor de data warehouse onde os arquivos de dados estáticos e nativos são abrigados. Na realidade, o uso do Tableau Server como data warehouse tradicional é um uso inapropriado do seu investimento. Em vez disso, em relação do armazenamento de dados, recomendamos hospedar as extrações de dados otimizadas no Tableau Server. Como uma extração de dados é sempre um subconjunto de uma fonte de dados maior na empresa, você também pode criar extrações das fontes de dados que estão sobretaxadas durante o horário de trabalho ao agendar a atualização de extrações fora dele.

As extrações também são úteis para a modelagem de dados ou habilitar a criação de visualização de alto desempenho. Por exemplo, para melhorar a criação da visualização e o desempenho da interação, você pode otimizar as extrações ao filtrar os dados da fonte para os campos essenciais, em um determinado departamento ou projeto. As extrações podem ter muitos recursos. Se a sua empresa planeja usar muito as extrações, revise o tópico Otimizar para extrações.

O Tableau Server também oferece acesso direto e autorizado às fontes de dados em tempo real, permitindo que os usuários criem e executem consultas complexas e filtradas em várias fontes de dados conectadas. Para esse cenário, o Tableau requer um acesso à rede com alto desempenho às fontes de dados na sua empresa e às que estão na nuvem. O Tableau Server e as fontes de dados de destino também precisam ser corretamente dimensionados para lidar com a carga de processamento exigida por operações de dados de alto volume e complexas. É possível otimizar o desempenho das conexões de dados em tempo real com configurações de cache e especificação dos comandos SQL iniciais.

Acesso de usuário

O Tableau Server também é uma plataforma de colaboração baseada na Web, onde os usuários se conectam para compartilhar, visualizar e interagir com as visualizações de dados e fontes de dados por meio de uma variedade de dispositivos. Isso significa que o Tableau Server deve ser acessível aos usuários do Tableau dentro da sua rede local protegida. Além disso, é possível ampliar o acesso às visualizações de dados aos usuários de aplicativos para desktop, dispositivos móveis e usuários autenticados da Web fora da sua empresa.

O Tableau Server integra-se às seguintes soluções de autenticação do usuário: Active Directory, SAML, OpenId e Kerberos.

Onde devo instalar o Tableau Server na minha rede?

Devido ao aspecto altamente confidencial da maioria dos dados gerenciados pelas empresas com o Tableau Server e como o Tableau Server requer acesso aos armazenamentos de dados internos, o Tableau Server deve ser executado dentro de uma rede protegida. O acesso autenticado da Internet está configurado para se conectar ao Tableau Server por meio de um proxy reverso ou uma solução VPN.

Algumas empresas inserem exibições do Tableau em páginas públicas da Web ou, para usuários internos, em servidores da Web genéricos na rede interna.

O Tableau Server pode ser configurado para dar suporte aos cenários com acesso autenticado ou anônimo. Para acesso autorizado, em que os usuários podem visualizar apenas os dados subjacentes aos quais têm permissão, é possível configurar os tíquetes confiáveis com um servidor da Web genérico. Neste cenário, o Tableau Server autoriza o acesso aos dados subjacentes em uma exibição inserida. Este esquema permite que você hospede as visualizações de dados interativos em um servidor Web de um DMZ ou fora da rede protegida.

O acesso anônimo a exibições inseridas do Tableau exige que "usuário convidado" esteja habilitado para o Tableau Server. O usuário convidado também exige que você licencie o Tableau Server de acordo com o número de núcleos sendo executado, em vez de um modelo (interagente) de usuário nomeado.

Dimensionamento e escalabilidade

Dependendo do tamanho e do uso dos dados na sua empresa, você pode escalonar verticalmente ou horizontalmente o Tableau Server. Ao escalonar o seu servidor, você também pode alocar seletivamente os recursos para atenderem às necessidades de dados e do usuário.

Quando você escalona verticalmente o Tableau Server, adiciona recursos de hardware a um único servidor. Por exemplo, você pode aumentar a memória e a potência de processamento do computador que executa o Tableau Server.

Quando você escalona horizontalmente o Tableau Server, adiciona computadores (ou nós). Para criar uma implantação altamente disponível com failover, você precisa de, no mínimo, três nós. Por exemplo, você pode executar a maioria dos processos do servidor que ocupam muita CPU em dois nós e usar o terceiro nó para o gateway e serviços do controlador de coordenação.

Seja o escalonamento vertical ou horizontal, você pode alocar seletivamente os recursos ao configurar o número e tipo de processos do servidor executados. Se a sua empresa tem muitos dados e cria muitas extrações de dados, é possível aumentar o número de processos dedicados à atualização e ao armazenamento de extrações. Como alternativa, se a sua empresa deseja otimizar os carregamentos de usuários muito densos, é possível aumentar o número de processos dedicados a respostas de solicitações de usuário. Além disso, é possível integrar o Tableau Server aos balanceadores de carga da rede para aprimorar ainda mais seu servidor em relação às solicitações de usuário.

Modelo de gerenciamento do Tableau Server

O Tableau Server foi projetado para dar suporte ao esquema de gerenciamento com dois administradores de alto nível: administrador de servidor e administrador de site. Em pequenas empresas, essas funções podem ser assumidas pela mesma pessoa ou equipe, porém em empresas maiores as funções frequentemente são diferentes.

Neste modelo, os administradores são profissionais de TI que fazem a manutenção e implementam soluções de servidor heterogêneas. As áreas essenciais para os administradores de servidor podem incluir rede, ajuste e manutenção de hardware, segurança e acesso e gerenciamento de usuários e serviços de diretório. As ferramentas e a documentação que fornecemos com o Tableau Server para o administrador de servidor dão suporte a essas áreas de TI de servidor principais.

Por outro lado, o administrador de site é uma função administrativa específica para implementações do Tableau Server ou do Tableau Online. O administrador de site do Tableau preocupa-se basicamente com o conteúdo de dados. O administrador de site gerencia usuários e os acessos deles a projetos, pastas de trabalho e fontes de dados. Para saber mais sobre sites e como planejar a sua implementação, consulte O que é um site

Ferramentas de gerenciamento

O Tableau Server inclui vários conjuntos de ferramentas para o gerenciamento do sistema:

  • Página de administrador do Tableau Server: este é o site administrativo na Web instalado em cada instância do Tableau Server. As tarefas executadas na página do administrador são tarefas diárias para os administradores de servidor e de site. As tarefas relacionadas ao servidor incluem a criação de sites e contas de administrador de site e, opcionalmente, a importação de usuários, a configuração da sincronização com serviços de diretório, a configuração de agendas de atualização de extrações, o monitoramento de desempenho e uso do servidor e outras configurações globais.

    As tarefas relacionadas ao site incluem o gerenciamento de conteúdo e a atribuição de permissões, a execução de atualizações de extração, a criação de grupos e projetos, o monitoramento de atividades do site e, opcionalmente, a adição de usuários e outras tarefas relacionadas ao conteúdo.

    Consulte Navegar nas Áreas administrativas do ambiente da Web do Tableau.

    As permissões exigidas pela página de administrador do Tableau Server são baseadas em funções no site. As funções no site são geradas e gerenciadas pelo Tableau Server.

  • Referência da linha de comando tsm - esta é a interface primária para configurações em todo o servidor. As configurações feitas com o TSM CLI raramente são revisadas após a configuração inicial. Por exemplo: SSL, inscrições, dados em cache, conta de serviço, alerta SMTP, autenticação do usuário e configuração de logon único são executados com o TSM CLI.
  • tabcmd: a fim de automatizar tarefas administrativas no seu site do Tableau Server, use o utilitário de linha de comando tabcmd em um computador com Windows ou Linux para criar scripts. Por exemplo, use tabcmd para criar ou excluir usuários, projetos e grupos.
  • REST API: com a REST API do Tableau Server, é possível gerenciar e alterar os recursos do Tableau Server de maneira programática, através de HTTP. A API fornece acesso simples aos recursos por trás das fontes de dados, projetos, pastas de trabalho, usuários de site e sites em um servidor Tableau. É possível usar esse acesso para criar seus próprios aplicativos, ou para criar scripts de interações com os recursos do Tableau Server.

Segurança

Como um servidor de aplicativos que se conecta a dados que podem ser altamente sensíveis, o Tableau Server oferece suporte e implementa uma série de padrões de segurança do setor. Nossa documentação para o administrador do servidor inclui as práticas recomendadas e a implementação de autenticação do usuário, autorização, segurança de dados e segurança da rede. Embora nossa instalação padrão tenha um design seguro, também recomendamos seguir a lista de verificação para o fortalecimento da segurança, a fim de bloquear ainda mais a implantação.

Para obter mais informações sobre conformidade da auditoria de segurança, relatórios de vulnerabilidades e outros recursos de segurança, visite http://www.tableau.com/pt-br/security.